Cheesecake de morango, ruibarbo e manjericão lima

Andava muito curioso para encontrar ruibarbo, provar o seu sabor e cozinhar algo com esta planta. Numa visita que fiz à Quinta da Pedra Branca, encontrei ruibarbo biológico com um ótimo aspeto.  Pensei de imediato numa cheesecake, que é, e sempre foi, uma das sobremesas preferidas cá de casa. Nas cheesecakes “originais” a preferida era a base (aquela bolacha Maria triturada cheia de manteiga/margarina) e aqui estava um dos meus principais receios… Como fazer uma base e um recheio, sem bolacha, manteiga ou açúcar??

Vamos por partes, para a base pensei em alfarroba e coco. Para o recheio pensei em queijo quark aromatizado com manjericão lima. E para  a cobertura (a parte mais fácil) uma compota caseira de morango, ruibarbo e manjericão lima. Tudo sem açúcar e sem gordura.

Ruibarbo é uma planta muito usada como fitoterápico. Tem a particularidade de apenas se comer o “caule”, as folhas são tóxicas e não podem ser comidas. É uma planta fibrosa, sobretudo utilizada em sobremesas. Tem um sabor ácido e fresco mas é ótimo em bolos, compotas e muffin. Dá-lhes frescura e um bom equilíbrio. Foi mesmo uma agradável surpresa!

Queijo Quark é queijo fresco batido com quase 0% de gordura, além de ser saudável, é barato. O queijo Quark já “faz parte da família”.

Compota de morango, ruibarbo e manjericão lima

  • 2 chávenas de morangos (arranjados e picados)
  • 2 ruibarbos (picados)
  • 2 colheres de sopa de mel
  • 1 maçã (descascada e finamente picada)
  • 2 colheres de sopa água

 

  1. Colocar os morangos, o ruibarbo, o mel e as duas colheres de sopa de água num tacho em lume brando.
  2. Deixe levantar fervura e adicione a maçã.
  3. Deixe ferver lentamente por 30 minutos.
  4. Retire do lume.
  5. Coloque no frasco onde vai armazenar, previamente esterilizado e vire o mesmo ao contrário.
  6. Depois de frio conservar no frio até 2 semanas.

Base da cheesecake

  • 50 gr de coco
  • 75 gr de farinha de alfarroba
  • 125 gr de frutos secos picados
  • 2 a 3 colheres de óleo de coco
  • 2 colheres de sopa de xarope de açúcar de coco (ou geleia de arroz ou de agave)

  1. Pré aqueça o forno a 180ºC
  2. Junte todos os ingredientes para a base, misture bem até obter uma mistura homogénea. Forre uma forma de fundo amovível com papel vegetal, coloque a massa e espalhe a bem no fundo da forma. Leve ao forno a 180ºC, cerca de 10 mins.

 

Recheio

  • 500 ml de queijo quark
  • 1 iogurte natural
  • 6 folhas de gelatina (ou ágar ágar)
  • Manjericão-lima finamente picado (ou raspas de lima)
  1. Colocar o queijo quark, o iogurte natural e o manjericão-lima numa taça envolver bem.
  2. Adicionar as folhas de gelatina (previamente demolhadas). E mexer bem.
  3. Colocar sobre a base e levar ao frio (o tempo de frio varia de frigorifico para frigorífico)
    13913915_1068506346574833_3506015691299126547_o_!

(Confesso que senti num nervoso miudinho quando fui cortar a cheesecake e tive medo que se desmoronasse.)

Dica: Se não quiser arriscar e para garantir o sucesso da consistência do recheio, cerca de 30mins antes de servir coloque a cheesecake no congelador.

13668742_1068043756621092_7475403388894022168_o

O resultado fala por si, quer visualmente, quer na boca com um extraordinário equilíbrio de sabores… A base é de facto diferente da “original” mas é bem boa. O recheio não se nota qualquer diferença. E a compota é o “ruibarbo e o morango” no topo da cheesecake. A partir de agora já não há desculpas para não comermos sobremesas (saudáveis, claro).

Deixar uma resposta