Como escolher iogurtes para o seu bebé?

Os iogurtes, quando bem escolhidos, são uma boa opção para variar o lanchinho dos nossos pequeninos, acompanhados com umas bolachinhas caseiras ou com um puré de fruta, pode se adicionar um bom valor nutricional a este simples e prático snack. De acordo com os pediatras, os iogurtes podem ser introduzidos na dieta do bebé a partir dos 6 meses (com algumas restrições), sendo que favorecem a flora intestinal.

O maior problema na escolha é a imensidão de opções nas prateleiras dos supermercados e descodificar os ingredientes: maltodextrinas, sacaroses, frutoses, melaço, açucar invertido, etc, … tudo isto é açúcar (e pode “viciar” o gosto do bebé).

Antes de mais, há que ter em conta que cada bebé terá as suas preferências e que mais cedo ou mais tarde vamos começar a descobri-las.

Nota: Por nós não gostarmos do sabor do iogurte ou alimento, não quer dizer que eles não gostem. Não se esqueça que o nosso gosto é treinado (é um hábito) e um bebé de 6meses não terá ainda “vícios” no seu paladar. É importante ainda lembrar que vários pediatras recomendam que, para que uma criança não goste dum alimento têm de ter contacto com o mesmo pelo menos 10vezes

Na escolha do iogurte deve ter em conta:

  • Deve ser natural, ou seja, sem aroma, minimizando a adição de açúcares ou corantes, pois os aromas ou pedaços são sinónimo de açúcares e corantes.

Dica: Num lanchinho pode dar iogurte e um puré de fruta caseiro. Sugiro sempre que primeiro seja dado o iogurte e depois a fruta (mais doce no fim) e para que se possa aperceber e ter consciência do real sabor daquilo que estamos a oferecer.

  • Pode ser de origem vegetal (de soja ou de cocô) ou de origem animal (cabra, ovelha ou vaca);

P1000506

Dica:  Dentro dos iogurtes de origem animal, deve dar prioridade aos de cabra/ovelha pois por norma são melhor tolerados pelo nosso organismo, mas também é possível oferecer de vaca, caso o bebé não seja intolerante/alérgico. Se pretender introduzir os de soja, convém que seja mais tarde, aconselhando-se com o pediatra.

  • Não opte por produtos “magros” ou “light” ou “com menos gordura”, pois quanto mais gordo for o iogurte menos processado é, sendo uma opção mais saudável! A gordura presente no iogurte (por exemplo nos iogurtes gregos) é uma gordura “boa”, que ajuda na multiplicação e crescimento de novas células do organismo dos pequeninos;
  • Opte por produtos biológicos sempre que possível! (sugestão transversal a todos os produtos)
  • Opte por iogurtes sólidos em vez de líquidos (os sólidos não são processados) e em formato líquido não existe natural.

 

(Fonte das dicas para o artigo www.bebesaudavel.com)

Deixar uma resposta