Como fazer fermento de padeiro em casa

como fazer fermento de padeiro

Como fazer fermento de padeiro em casa

Depois do papel higiénico, o fermento de padeiro é, agora, o produto mais procurado. E a verdade é que não há em quase nenhum supermercado. Mas como fazer fermento de padeiro em casa?

Não é fácil, mas não é impossível. Há duas opções: uma fazer de raiz. A outra é aproveitar a última saqueta de fermento de padeiro que tem em casa e daí seguir as nossas dicas e vai conseguir fazer pão em casa, sempre que quiser.

Fermento de padeiro caseiro (massa mãe)

Este tipo de fermento pode ter várias composições, sendo a mais tradicional a de farinha com água. Sim! Para fazer o fermento natural, são necessárias apenas água e farinha. Para isso, é necessário misturar esses dois ingredientes, deixar a natureza agir e também dar uma ajudinha: é preciso adicionar farinha e água todos os dias durante 5 a 10 dias.

Primeiro, utilize um recipiente de vidro, água (sem cloro – deixe a água da torneira repousar umas horas para que o cloro evapore – ou utilize uma água pouco mineralizada), e farinha de boa qualidade (qualquer uma, mas se for biológica melhor).

Neste recipiente de vidro adicione 20 gr de água (mais ou menos 2 colheres de sopa) e 20 gr de farinha (mais ou menos 3 colheres de sopa) e misture bem. Quanto mais misturar, melhor (em média uns 5 minutos). Vai criar bolhas e “capturar” alguns micro-organismos do ar, que vão ajudar na fermentação.

Veja aqui neste video como usar a massa Mãe

Tempo e paciência

Depois de misturar bem, tape esse recipiente com um tecido (qualquer um que permita que a mistura “respire”) e deixar descansar por 24 horas num cantinho arejado, protegido do sol, de correntes de ar e de preferência que não sofra vibrações.

No segundo dia, acrescente mais 20 gr de água e 20 gr de farinha à mistura inicial e mexa bastante. Cubra com o mesmo pano e deixe descansar por mais 24 horas no mesmo sítio.

Repita esse processo durante 4 a 6 dias, acrescentando 20 gr de água e 20 gr de farinha ao recipiente. Durante esses dias, os microrganismos presentes na farinha, no ar e até nos utensílios que usou vão contaminar a farinha e vão começar a aparecer pequenas bolhas na mistura. Quando notar essas bolinhas (observe a parte de baixo do frasco para ter a certeza) é só fechar o fermento com uma tampa e armazená-lo no frigorífico.

Manter o fermento vivo

Para manter o fermento vivo, é preciso alimentá-lo com água e farinha periodicamente. Não precisa ser todos os dias. Ele pode durar até 15 dias no frigorífico sem ser alimentado. Pode alimentá-lo uma vez por semana, por exemplo.

Uma dica muito importante: se for usar o fermento e já não o alimenta há algum tempo faça-o antes de o usar num pão. Alimente-o um dia antes e mantenha-o fora do frigorífico por algumas horas para ativá-lo bem

Para cada 500 gr de farinha, use, então, 100 a 150 gr. de massa mãe. E espere, pelo menos, umas 8 horas, para que ele levede.

Entretanto, depois de usar a quantidade que precisa, não se esqueça de alimentar o restante. Por exemplo: se tinha 100 gr de fermento natural, e usou 50 gr, consequentemente sobraram 50 gr. Essas 50 gr vão ser alimentadas com 25 gr de farinha e 25 gr de água, totalizando 100 gr de fermento novamente. A partir daí, é só voltar a conservar no frigorífico e voltar alimentar na semana seguinte.

O pão feito com o fermento natural tem uma côdea crocante, um miolo cheio de buraquinhos e um sabor levemente azedo e delicioso.

Agora atenção, se o frasco onde guardam a massa mãe ganhar bolor ou tiver uma cheiro estranho, deitem fora.

Massa velha

Se só tem uma saqueta de fermento de padeiro, faça a sua receita habitual. Quando a massa levedar, retire 100 gr. de massa e guarde num frasco no frigorífico (durante 4 a 5 dias). A próxima vez que fizer pão, misture a água com a farinha e depois a massa que guardou. Quando levedar, volte a tirar 100 gr. E assim sucessivamente. Terá sempre fermento para o próximo pão.

Para cada 500 gr de farinha, vai precisar de 100 gr. de massa velha.

A farinha base a utilizar convém ser uma Farinha de T65 ou farinha de Trigo integral por exemplo. Nestas Receitas usámos as Farinhas da Gama PorSi (A Sua Nova Marca do Intermarché). Também funciona com farinhas de finas para bolos, mas não fica exactamente igual

Se só tiverem farinha para bolos (t55) podem usar, mas acrescentem mais 30 gr.

Experimente o nosso pão fácil sem amassar (não se esqueça, que se usar este tipo de fermentos, vai demorar muito mais tempo a levedar, pelo menos 8 a 12 horas)

pão fácil sem amassar

Entretanto, não se esqueça de subscrever o nosso canal do Youtube e carregar no sino para activar as notificações.

Veja aqui o nosso Folar da Páscoa

folar de páscoa saudável
Banner Aqualuz Lagos onde se pode ver o mar, rochas e um barco. 20% de desconto para reservas directas.
Sem comentários

Submeta um comentário